terça-feira, 2 de julho de 2013

Desintoxicação pós-viagem


O problema

Quando eu elaborei esse plano de dieta, já deixei aberta a possibilidade de, esporadicamente, poder dar uma escapada, afinal tem situações que simplesmente não comportam dieta. Então, programei tudo para poder chutar o balde em ocasiões especiais e me recuperar logo em seguida, sem prejudicar o regime. Até então isso vinha dando certo, mas mês passado cheguei num momento crítico: as viagens de férias.

ÓBVIO que ninguém vai fazer dieta em viagem de férias - muito menos eu! -, portanto o que eu tinha que fazer não era ficar me sentindo culpada, mas achar uma maneira de evitar que a jacação prejudicasse a dieta no longo prazo. Mas não conseguia encontrar solução. Até no post que fiz sobre como lidar com deslizes reconheci essa falha: a dieta de desintoxicação é muito boa e eficiente quando o problema é só um fim de semana ou um feriado de comilança, mas quando passa de 1 semana, fica muito difícil recuperar rápido e voltar ao ritmo.

Mas eu resolvi tentar mesmo assim! heh Nesse caso, viajei durante 11 dias e engordei 2,5kg. Com a detox normal, de um dia, eu costumo perder 1,5kg. Então pensei em fazer mais dois dias de detox para perder esse outro quilo que ganhei.

A solução


Pra começar, foi MUITO difícil achar uma detox de 2 dias com alimentos sólidos (afinal, não tinha a menor possibilidade de passar 3 dias só a suquinho e sopinha). Quer dizer, até achei, mas eram aquelas coisas que obviamente não funcionavam. Finalmente, resolvi seguir uma detox à base de chia, que encontrei lá no M de Mulher.   

A princípio, a proposta era boa: um cardápio light, mas com todos os nutrientes e prometia não deixar o dietante com TANTA fome, por causa da chia. Provavelmente todos já estão carecas de saber do que se trata, mas a chia é um desses "superalimentos" que vez por outro bombam no universo das dietas, prometendo um milhão de benefícios: melhora a pele, regula intestino, evita doenças, te deixa rico etc.  No caso da chia, o que interessa mais (pra mim, né) é a função de inibir do apetite.

Então, a ideia dessa detox é seguir um cardápio beeem leve, de cerca de 650 kcal por dia, e usar a chia para controlar a fome e aguentar os dois dias de miséria alimentar. Como 650kcal é exatamente a metade da minha meta diária e eu adoro uma simetria, achei que daria certo! haha Mas faz sentido: se emagreço comendo 1300 kcal, se o mundo fosse justo eu deveria emagrecer o dobro comendo 650! heh

Dei uma adaptada básica e ficou assim:

Cardápio de detox de 2 dias


Café da manhã: 

- 1 copo de Frapê de Coco Zero Ades (69 kcal )

- 2 torradas integrais light Bauducco (69 kcal)

- 1 colher de sopa de cottage (41 kcal)

Lanche I:

- 1 colher de sopa de chia com 1 copo d'água

Almoço:

- Salada verde temperada com azeite extra-virgem, sal e aceto balsâmico (20 kcal)

- 1/4 de xícara (3 colheres de sopa) de arroz integral (54 kcal)

- 1 concha pequena de feijão (95 kcal)

- 1/2 abobrinha recheada com carne moída (144 kcal)

Lanche I:

- 1 colher de sopa de chia com 1 copo d'água

Janta: 

- Omelete de 2 claras com peito de peru defumado light, tomate e ervilhas (131 kcal)


Total: 639 kcal 

A execução

Difícil de acreditar, mas nem morri de fome. Claro que deu uma fominha e certamente não foram dias agradáveis, mas também não foi nada desesperador, como seria de se esperar, principalmente considerando que na véspera eu tinha feito um dia de dieta líquida e que, ainda, por cima, estava malhando todo dia. O cardápio original previa um lanche da manhã e da tarde (frutas), mas eu tomei a chia como lanche em vez da fruta, para economizar calorias.



Aliás, eu odieeeei a tal da chia! Dá pra tomar de várias formas e talvez de outro modo ela não seja tão terrível, mas, ao que parece, para que ela tenha o efeito de tirar a fome antes da refeição, a recomendação é tomar assim mesmo, misturada com água. Isso porque a chia tem uma película em volta dela que, em contato com a água, forma um gel, que é o que dá a sensação de saciedade.



Ok, até dá uma saciada, mas o troço é NOJENTO. O gosto já não é muito bom e, com a água, forma uma gosma master. Mas, né, tapei o nariz e comi. :/ O pior é que o potinho (bem pequeno) custou R$40,00 (da Jasmine) e acho que não voltarei a comer aquilo tão cedo. 



Acho inclusive que a chia diminui o apetite porque ela simplesmente embrulha o estômago! haha Fato é que, depois disso, o almocinho mixuruca de abobrinha recheada com arroz, feijão e salada pareceu absolutamente delicioso quando comi. Pode também ter sido o mero fator fome, que é o melhor tempero que existe, mas achei que ficou bem bom! Depois vou postar a receita que usei para a abobrinha recheada.


Almoço desintoxicante com 313 kcal

O omelete da janta também não ficou de todo ruim. Normalmente não gosto de omelete feito só com claras, afinal não é tão gostoso, não sacia tanto e em geral não consigo fazer direito (fica tudo grudando na frigideira e se desmilinguindo). Mas, dessa vez, até saiu direitinho, então depois vou postar o passo a passo de como fiz o "clarete", pois sem que tem muita gente por aí que também não acerta fazer. :P

Resultados


Essa foi a parte verdadeiramente triste. Para começar, perdi menos que o habitual com o dia de dieta líquida: apenas 1,3kg. Depois, com mais 2 dias seguindo esse cardápio de detox sólida, perdi só mais 700g. Fala sério! :/

A verdade é que essas dietas rápidas, de emergência, etc. só funcionam mesmo como desintoxicação, ou seja, elas te livram do excesso de toxinas, açúcar e sal no organismo, além de eliminar os líquidos retidos, mas elas não queimam gordura. E esses excessos já tinham todos ido embora com a detox líquida, então o que eu fiz depois não tinha como ajudar muito mesmo. Por menos que eu comesse, não tinha como meu corpo queimar 1kg de gordura em 2 dias. Estava querendo demais...

A conclusão, portanto, é que continuo sem uma solução para as viagens de férias. Como lidar? Alguém tem alguma sugestão?:/

Bom, de todo jeito, perdi 2kg no processo, o que também não é de se jogar fora. Além disso, depois desses dias de fome, minha dieta normal de 1300 kcal está parecendo um banquete e estou efetivamente empolgada para voltar a segui-la. Pelo menos esse objetivo a detox alcançou: me colocou de volta no ritmo da dieta!

Agora vamos lá. Minha expectativa é de alcançar minha meta ideal (- 8 kg) em 2 meses e meio, ou seja, meados de setembro. Será que consigo?




3 comentários:

  1. Acho que você não atualiza mais o blog, só queria dizer que passei horas o lendo, me diverti muito e de certa forma, me ajudou bastante. Obrigada e boa sorte!

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu blog, pena que aparenta estar abandonado. Espero que tenHa alCançado bons resultados.

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu estive procurando sobre esse assunto na internet e encontrei um vídeo de um personal trainer que mostra técnicas muito boas para emagrecer e chapar a barriga, eu tenho feito essas técnicas a exatos 8 dias, e hoje pela manha eu me pesei e já estou 3,8 k mais magra, eu estava pesando 72,6k e hoje 8 dias depois estou com 68,8k e isso sem ir para a academia sem comprar nem um equipamento e comento e fazendo tudo o que fazia antes, eu só tenho que titicar 4 minutos do meu dia com as técnicas, não estava levando muita fé no começo mais como vi muitos depoimentos positivos sobre o personal trainer resolvi testar, e agora estou assim :-) feliz, hoje pela manha assim que vi o resultado na balança tirei uma foto é postei no face para que todos os meus amigos e amigas possam também ter os resultados que eu estou tendo, da uma olhada la no site:
    http://www.fimdadietadukan.com.br
    e assiste o vídeo do personal trainer, esse cara merecia um premio por colocar um vídeo com um conteúdo tão bom assim disponível na internet, e o melhor free
    www.fimdadietadukan.com.br


    ResponderExcluir

Diz aí!